A Proteção Que Você Merece

Notícias

Implante Coclear Bilateral Inédito em MS: A São Francisco Saúde na Vanguarda da Medicina Sul Matogrossense

Após 12 anos de tentativas, o médico otorrinolaringologista da São Francisco Saúde, Dr. Luciano Silveira Rodrigues, em parceria com o especialista e cirurgião Dr. Luiz Carlos Alves de Souza, realizou o procedimento no último dia 27 de junho com abso

08/07/2015

Implante foi realizado na cidade de Dourados 

No dia 27 de junho, o Estado do Mato Grosso do Sul presenciou um evento inédito e histórico para a medicina praticada na região. Aconteceu o primeiro Implante Coclear Bilateral do Estado. O procedimento foi realizado na cidade de Dourados/MS, em uma criança de apenas 2 anos de idade que teve sua audição totalmente restaurada com absoluto sucesso. A cirurgia foi realizada pelo médico otorrinolaringologista da São Francisco Saúde, Dr. Luciano Silveira Rodrigues, em parceria com o cirurgião Dr. Luiz Carlos Alves de Souza.

Com uma tecnologia australiana e um aparelho de formato anatômico, como um minúsculo marca-passo revestido de titânio, o implante foi realizado por meio de uma cirurgia que demorou aproximadamente 8 horas. “Apesar de o nervo auditivo estar preservado, a criança não apresentava nenhuma resposta auditiva, evidenciando a necessidade de uma intervenção coclear bilateral, ou seja, nos dois ouvidos, para estimular simetricamente a sua audição”, explica o Dr. Luciano Silveira Rodrigues.

Os dois médicos responsáveis pelo sucesso da operação explicam que o implante realizado compreende um sistema eletrônico de elevada capacidade tecnológica, que faz o papel do ouvido interno danificado. Ou, em outras palavras, faz o trabalho das células ciliadas do ouvido, transformando a energia mecânica, que é o som, em pequenos sinais elétricos. Estes sinais são lançados na rampa timpânica e atingem o nervo auditivo do paciente. Dessa forma, os sons e as palavras seguem pela via auditiva para serem processados pelo cérebro.

A perda de audição, independente do grau, pode levar a uma série de comprometimentos de percepção e alterações na fala, prejudicando a comunicação do indivíduo e podendo causar deficiências secundárias envolvendo os aspectos cognitivos, emocionais, sociais e educacionais.

Diagnóstico
Para minimizar esses comprometimentos, o médico credenciado da São Francisco Saúde, Dr. Luciano Silveira Rodrigues destaca que é necessário um diagnóstico e a intervenção precoce eficiente, com a indicação e adaptação de próteses auditivas adequadas, bem como o acompanhamento terapêutico especializado. Em indivíduos com perda auditiva de grau severo e/ou profundo, congênitas ou adquiridas na infância, o diagnóstico e intervenção precoces são ainda mais importantes, porque podem possibilitar a aquisição e o desenvolvimento das habilidades auditivas e da linguagem de maneira mais efetiva, diminuindo o impacto da surdez na vida do portador.

Porém, muitas vezes esses indivíduos não obtêm, com a prótese auditiva convencional, a amplificação necessária para desenvolver estas habilidades. E esta, segundo o especialista Dr. Luiz Carlos Alves de Souza, é a condição que leva o indivíduo a ser considerado um possível candidato ao chamado Implante Coclear. Esse tipo de implante é indicado tradicionalmente para pacientes cuja perda auditiva não permite um ganho funcional suficiente para a percepção de fala com as próteses auditivas convencionais (amplificadores).

Reabilitação
Os dois especialistas esclarecem que parte do aparelho implantado fica internamente no ouvido e o dispositivo responsável por captar o som é colocado na parte externa, atrás da orelha. Dr. Luiz Carlos Alves de Souza explica que se o paciente ouve bem com o aparelho convencional, não há necessidade de cirurgia. “Porém, se percebemos através de exames que o indivíduo está perdendo a capacidade de compreender e apresenta baixos índices de reconhecimento de fala, ele passa a ser candidato ao implante coclear”, enfatiza.

Dr. Luciano Silveira Rodrigues ainda esclarece que a pequena paciente que teve sua audição resgatada pelo implante coclear pioneiro no Mato Grosso do Sul, deverá passar por um processo de reabilitação e educação audiológica, com o suporte de uma equipe multidisciplinar da Clínica Paparella, uma entidade especializada e credenciada da São Francisco Saúde.

Galeria de Imagens

Voltar