A Proteção Que Você Merece

Notícias

Hospital São Francisco treina profissionais da saúde contra o Ebola

Hospital já possui plano de contingência do vírus e prepara os enfermeiros para possível contato com pacientes com suspeita de contaminação

10/09/2014

O treinamento visa o aprendizado sobre a retirada e o descarte dos equipamentos contaminados seguindo técnicas corretas de manuseio 

O Hospital São Francisco de Ribeirão Preto (SP), referência em atendimento de alta complexidade, apresenta um plano de contingência do Ebola aos profissionais da saúde. O treinamento dos enfermeiros do pronto atendimento e da emergência para lidar com o vírus tem duração de cinco dias e vai até o próximo dia 12/09. A doença já matou mais de 1900 pessoas no continente africano e é considerada a mais grave epidemia da História e que leva à morte 90% dos infectados, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A responsável pelo Serviço de Controle de Infecções do Hospital São Francisco, a médica Silvia Fonseca, que também é membro do Comitê Municipal de Controle de Infecções Hospitalares, diz que o hospital está treinando funcionários para orientações sobre a doença. “Todos têm de entender o que é o Ebola, sua forma de contágio e o que fazer caso o vírus chegue ao país”, explica.

Para a infectologista, é necessário que os profissionais da saúde estejam preparados para a possibilidade de um paciente contaminado, mesmo que a chegada da doença ao Brasil seja pouco provável, “visto que o Ebola não tem um vetor, como a dengue. Além disso, o país tem estrutura de saúde diferente da que é encontrada na África, onde os profissionais de saúde não têm luvas, máscaras e trabalham em condições muito precárias”, enfatiza Fonseca.

Através do Serviço Especializado em Medicina do Trabalho – SESMT, o treinamento tem como objetivo informar as técnicas corretas de utilização dos equipamentos de proteção, garantindo ao profissional que dará assistência ao paciente com suspeita da doença, não se exponha aos riscos. “A ação tem também como foco a retirada e o descarte dos equipamentos contaminados seguindo técnicas corretas de manuseio”, afirma o técnico de Segurança do Trabalho, Alexandre Andrade.

19ª Jornada de Infecção Hospitalar

Os sintomas, causas e contagio do vírus viraram destaque na programação da 19º Jornada de Infecção Hospitalar de Ribeirão Preto (SP), no dia 12 de setembro (sexta-feira), a partir das 7h45min, no Centro de Convenções de Ribeirão Preto. “Vamos discutir as principais orientações em relação ao vírus que já matou mais de 100 profissionais de saúde nos países atingidos. Nossos profissionais da saúde têm que estar preparados, afinal, com tantas possibilidades de viagens, o mundo não é tão separado como a gente pensava”, conclui Fonseca.
As inscrições no site da Jornada já foram encerradas, mas podem ser realizadas no dia do evento.

Galeria de Imagens

Voltar