A Proteção Que Você Merece

Notícias

Com novidades, terceira fase da Escola de ciclismo Pedalando para o Futuro é lançada

O projeto tem o apoio do Grupo São Francisco

25/01/2016

Alunos, patrocinadores, professores e autoridades prestigiaram o evento de lançamento  

Na última sexta-feira, 22, foi iniciada a terceira fase do projeto “Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro”. Com a proposta de utilizar o esporte para transformar vidas e habilitar, com todas as regras de trânsito, o jovem condutor de bicicleta, o programa traz novidades para a nova edição como a modernização das cartilhas sobre educação no trânsito e o novo mascote “Terrinha”, quem passa as boas condutas da bicicleta no trânsito através do livrinho.

“Além de novas cidades que vamos atender, temos o Terrinha, o nosso mascote criado pela excelente equipe de trabalho que temos. Isso traz mais qualidade e consequentemente um melhor ensinamento às crianças atendidas. O Pedalando para o Futuro é um sucesso. É um motivo de muito orgulho lançar mais uma vez esse projeto graças ao apoio da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte”, destacou Danilo Terra, idealizador e gestor do projeto.

Segundo ele, além de oferecer a oportunidade de praticar um esporte às crianças, o projeto também promove a educação no trânsito e a cidadania, dando aos alunos noções de segurança individual e coletiva, além de conscientização do uso de um meio de transporte alternativo e ecológico.

“Sou o que sou hoje graças à bicicleta. Este foi o motivo que me levou a exercer este trabalho junto de nossa equipe. O ciclismo de Ribeirão Preto já tem colhido frutos deste projeto”, complementa Terra.

A cerimônia de abertura do projeto foi realizada na Cava do Bosque e contou com a presença de diversas autoridades, tais como Luchesi Júnior (Secretário Municipal de Esportes), Cristina Consoli (Secretaria Municipal de Assistência Social), Genivaldo Gomes (vereador), Oscar Luiz Gonçalves Filho (SELJ), Jefferson Ribeiro (Fundação WBP), José Luiz Felicio Filho (Passaredo) e José Luiz Pontim (SME), além de alunos, professores e patrocinadores do projeto.

A Escola

A Escola de Ciclismo é itinerante e terá aulas práticas e teóricas de segunda a sexta-feira, das 14h às 17h. As crianças recebem cartilha, camiseta, squeezes e lanche (diariamente), além de um certificado ao final do curso, sempre às sextas-feiras.

Além de Ribeirão Preto, onde o projeto tem início oficialmente nesta segunda-feira (25), na Fundação Waldemar Barnsley Pessoa, no bairro Alexandre Balbo, a Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro também atenderá crianças das cidades de São Carlos, Jardinópolis e Orlândia. A previsão é habilitar 1.920 crianças de 5 a 13 anos nos quatro municípios em 12 meses.

A Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro é apoiada pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, SELJ e pelo Governo do Estado de São Paulo. O projeto conta com o patrocínio das empresas Transportadora Itaobi, Tanger, Morlan e Passalacqua; e co-patrocínio de Alcolina, Ourofino, Balões Pic-Pic, Cenourão, Suporte Rei e Mialich.

Os apoiadores são RA Embalagens, Canal Artefatos, DVB Vidros, QD Produtos Químicos, Real Química, Centro Oeste, Fundição Batatais, Nutrigesso, Kidoçura, LS Nogueira, Lufix, Cirúrgica Mafra, Mercosul, Molyplast, Polar Truck, Riberball, Grupo São Francisco, Transmogiana, Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, Secretaria Municipal de Esportes, Secretaria de Assistência Social e Transerp.

Fonte: Martinez Assessoria

Galeria de Imagens

Voltar