A Proteção Que Você Merece

Notícias

Hospital São Francisco atinge 50 mil procedimentos cirúrgicos de cateterismo

Número foi alcançado no mês de janeiro e mostra como o Hospital avançou nos últimos anos no Serviço de Cardiologia, se destacando também como referência no interior de São Paulo em procedimentos cirúrgicos de alta complexidade

04/02/2014

Hospital São Francisco 

Famoso no interior de São Paulo por ser referência no atendimento de pacientes que necessitam de cirurgias e procedimentos cirúrgicos com alta complexidade, o Serviço de Cardiologia do Hospital São Francisco de Ribeirão Preto completou no mês de janeiro, a marca de 50 mil procedimentos de cateterismo realizados ao longo de sua história.

O serviço foi inaugurado em 1988. Em 2011 foi reformulado com o objetivo de suprir uma exigência de médicos e pacientes de Ribeirão e região com relação a um atendimento de doenças cardiovasculares de forma diferenciada e completa. “O número representa uma marca muito importante para o nosso hospital”, explica o diretor clínico do Hospital São Francisco, Dr. Ricardo Sgarbieri. “Imaginar que o nosso trabalho já beneficiou inúmeras pessoas do interior de São Paulo com tratamentos de alta complexidade mostra o quanto crescemos nos últimos anos”, conclui.

O cateterismo cardíaco é um procedimento invasivo e utiliza uma sonda ou cateter para identificar doenças obstrutivas, bem como obter detalhes das cavidades ou das válvulas do coração. Na maioria dos casos, é combinado com uma técnica chamada angiografia coronária, que consiste no ato de injetar um produto de contraste no órgão. Os procedimentos são realizados dentro da hemodinâmica, uma das áreas do Serviço de Cardiologia do Hospital.

“Em Ribeirão Preto, a Hemodinâmica do Serviço de Cardiologia do Hospital São Francisco tem sido vanguardista nesta especialidade por décadas. Foi aqui que realizamos as primeiras oclusões de cia por prótese e as primeiras angioplastias coronárias com balão”, informa Dr. Antônio Secches, responsável pela hemodinâmica do Hospital São Francisco desde 1974.

O serviço de hemodinâmica do Hospital São Francisco ocupa área nobre na estrutura hospitalar, com recepção própria, sala de laudos, sala de reuniões, sala de recuperação, sala para o preparo de materiais e sala de exames. O serviço dispõe de equipamentos de hemodinâmica com computadores de alta capacidade de processamento e precisão, monitores de pressão e eletrocardiograma. “Estamos completando 50 mil procedimentos hemodinâmicos diagnósticos e terapêuticos desde 1978, sendo mais de 300 procedimentos terapêuticos anuais. Estamos realizados pelos nossos resultados e continuaremos sendo um centro de referência no estado de São Paulo”, diz Dr. Antônio.

Avanço em cirurgias

O número alcançado pelo Hospital São Francisco, de acordo com Dr. Ricardo, também mostra como o Hospital São Francisco está se destacando e avançando cada vez mais em cirurgias de alta complexidade. Até novembro de 2013 o Hospital havia alcançado a marca de 11.051 procedimentos cirúrgicos, com uma média mensal de 652 cirurgias, sendo 8% voltados à cardiologia. As cirurgias contemplam pacientes de todo o interior paulista.

“Quando o assunto é cirurgia de alta complexidade, o Hospital São Francisco é referência, tanto na área de cardiologia, quanto nas áreas de oncologia, neurologia, bariátrica, ortopédica, entre outras”, informar o Dr. Ricardo. “Temos parceria com muitos hospitais do interior que não possuem tecnologia para realizar estes procedimentos. Por isso muitas pessoas são tratadas aqui no Hospital São Francisco”, diz.

O Serviço de Cardiologia possui equipe especializada e conta com toda a infraestrutura do Hospital São Francisco. São dois centros cirúrgicos, 19 salas cirúrgicas e 30 leitos de UTI. Além disso, o atendimento é realizado durante 24h por dia, pois as doenças coronarianas são, em sua maioria, instáveis, podendo surgir a qualquer momento, como os infartos. “São doenças que representam maior morbidade e mortalidade, pois as incidências são elevadas”, comenta o médico cardiologista do Hospital São Francisco, Juliano Cesar dos Santos. “A doença coronariana não tem hora para surgir e sabemos que quanto mais rápido a intervenção, melhor é o prognóstico do paciente”, diz.

O Serviço de Cardiologia do Hospital São Francisco também possui Serviço de Hemodinâmica, Atendimento de Emergência com cardiologista disponível no Hospital, Unidade Coronariana, Serviço de Cirurgia Cardíaca, e Cirurgia de Eletrofisiologia e Marcapasso.

Galeria de Imagens

Voltar