A Proteção Que Você Merece

Notícias

Pedalando para o Futuro, apoiado pela São Francisco, encerra atividades em São Carlos nesta sexta

Última aula do projeto será no Centro da Juventude Elaine Viviani, a partir das 14h30

11/03/2016

Projeto passou por quatro núcleos em São Carlos  

A Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro, que está em sua terceira fase, encerra, nesta sexta-feira, 11, as atividades em São Carlos. Durante quatro semanas, o projeto itinerante atendeu mais de 150 crianças e adolescentes, em quatro escolas diferentes. A cerimônia está marcada para as 14h30, no Centro da Juventude Elaine Viviane, no Jardim Monte Carlo e terá a presença de autoridades municipais e patrocinadores.

Na primeira semana, as atividades foram realizadas no Centro de Referência da Assistência Social (CRASS) São Carlos VIII. Depois, a Escola foi para o Centro de Juventude Lauriberto José Reys, na Cidade Aracy, ECO Estação Comunitária do Jardim Gonzaga até chegar no local de encerramento.

“O projeto alcançou nossas expectativas em São Carlos. A aceitação da população, dentro dos quatro locais que passamos foi muito boa. Gostaria de agradecer a secretária municipal de cidadania e assistência social Wiviane Tiberti por essa parceria e a todos os apoiadores do projeto”, disse o professor da Escola de Ciclismo Pedalando para o Futuro, Flávio Philipino.

Metodologia

Toda segunda-feira, quando as atividades são iniciadas nas escolas, as crianças recebem uma cartilha com todo o conteúdo que será desenvolvido durante a semana. Nela, além de técnicas da bicicleta, os professores passam por noções básicas de um trânsito consciente e seguro. Ao final de cada semana, na sexta-feira, as crianças recebem um certificado, semelhante às carteiras de trânsito (CNH) dos adultos.

Durante as aulas, é montado um circuito que simula o trânsito da cidade. As crianças passam neles com a bicicleta e deve respeitar a faixa de pedestre, semáforos e as placas de “Pare”, tudo de forma bem lúdica e didática, com o auxílio dos monitores.

Na primeira e na segunda fase a Escola já atendeu aproximadamente 3000 crianças e adolescentes em Ribeirão Preto e região. Na Fase III, a Escola pretende beneficiar mais 1920, em Ribeirão Preto, São Carlos, Orlândia e Jardinópolis. Esta é a primeira vez, neste ano, que a escola realizará atendimentos em outra cidade.

O Projeto

A iniciativa, idealizada pelo ex-ciclista Danilo Terra, é apoiada pela Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, da SELJ (Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude), e pelo Governo do Estado de São Paulo.

O projeto também conta com o patrocínio das empresas Itaobi, Tanger, Morlan e Passalacqua; e co-patrocínio de Alcolina, Ourofino, Balões Pic-Pic, Cenourão, Suporte Rei e Mialich. Os apoiadores são: Canal Contabilidade, DVB Vidros, Fundição Batatais, Nutrigesso, Kidoçura, LS Nogueira, Lufix, Cirúrgica Mafra, Mercosul, Molyplast, Polar Truck, Riberball e São Francisco.

A escola de ciclismo é itinerante e a ida do “Pedalando Para o Futuro” à cidade de São Carlos faz parte da terceira fase do projeto, iniciada no dia 22 de janeiro de 2016.

Galeria de Imagens

Voltar